Resenhas

RESENHA: Incorruptíveis

Já passou quase um ano e ainda não li nem metade dos livros que comprei na Bienal do Rio de 2019. Sendo bem sincera, acho que ainda não li todos nem da Bienal de São Paulo de 2018… Um dia a gente chega lá. Incorruptíveis foi um dos que comprei ano passado por puro impulso, mas fico muito feliz de ter feito isso. Conheci a autora, li a sinopse e sabia que seria um livro muito bom.

Primeiramente, já quero deixar claro que o livro não é para qualquer um. Por mais que o começo seja mais simples com os personagens apenas dizendo que fizeram coisas erradas, descobrir o que são realmente essas coisas é um choque muito grande.

Eu sabia desde o início quem era Quimera, porém os motivos que o levaram a fazer tudo, assim como as outras descobertas do livro me deixaram bastante chocada. As mortes, os abusos (sexuais e psicológicos) me deixaram bastante surpresa.

Claro que esse livro não tem apenas coisas boas. Acredito que capítulos maiores e, portanto, mais descrições de cada personagem, traria uma profundidade maior à história. E me desculpem, mas não gostei muito do pseudo triângulo amoroso entre Gabriel, Lídia e Raoni. No final, Gabriel e Lídia já estavam me dando nos nervos, Lídia e Raoni haviam apenas dado um beijinho nada demais e eu já estava shipando mais Gabriel e Raoni.

Tirando isso, gostei bastante do desenvolvimento dos personagens, principalmente de Tabita. A maldade dela me chocou diversas vezes, principalmente quando ela falava das crianças da organização. Outra parte que me chamou bastante a atenção foi quando Tabita pede doações aos fiéis para não parar com o programa. Isso realmente me marcou bastante.

Fui criada por uma família católica. Enquanto uma parte dela (como meus pais) prefere fazer suas orações em casa, outros (como meus tios) se envolvem bastante com a igreja. Ninguém é fanático nem tenta empurrar a própria religião para os outros, mas Canção Nova sempre foi um programa bastante comum na televisão de minha avó.

Nunca esqueço uma vez em que eu estava na casa dela e ela estava assistindo ao canal. Estávamos no meio do governo da Dilma (não vamos começar discussões políticas, por favor, isso é só uma contextualização) e a crise estava começando a ficar bem feia. Aí me vem um padre, o qual não faço a menor ideia do nome, e disse praticamente essas palavras: “eu sei que a crise está feia, mas mesmo assim, não esqueça de fazer suas doações para a Canção Nova”.

Não critico a religião, de maneira alguma, mas sim quando as pessoas utilizam da fé para lucrar tanto dessa forma. Essa experiência mudou bastante minha visão sobre a religião e fiquei surpresa com a semelhança entre ela e a cena de Tabita.

Gostei como a narração dos personagens mudava conforme as revelações iam acontecendo. Deve ser bem diferente reler o livro sabendo de tudo que acontece no final. Não há como falar muito da história sem dar vários spoilers visto que praticamente cada capítulo surgia com algo novo dos personagens, então não vou falar muito sobre ela. Também não vou dizer que não há nenhum furo porque é realmente difícil não ter depois de tanta coisa que muda no decorrer do livro, porém, não reparei em nada de errado.

Gostei do início, do meio e principalmente do fim. Como eu disse anteriormente, descobri bem no início quem era Quimera, mas não fazia ideia da aula por trás. Confirmar quem era Quimera, descobrir quem era bom e quem era mal, ver quem foi preso e, principalmente, ver até onde ia a maldade de cada personagem foi uma ótima experiência.

Entretanto, novamente, não indico para qualquer pessoa. É um livro bem pesado e, por isso, mesmo sendo um dos meus preferidos do ano, não sei se leria novamente. Agora vou ter que ir atrás de algum livro mais levinho para compensar. Porém, gostei muito do estilo da autora e com certeza procurarei outras de suas obras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: