Resenhas

Livro X Filme: Maze Runner

Mais um filme para a lista dos que eu amava até ler o livro. Aconteceu com Percy Jackson e agora novamente com Maze Runner. O livro é simplesmente perfeito, com seus momentos tensos, mas falharam miseravelmente na hora de transpassar esses momentos para o filme.

A real é que o livro inteiro é tenso por conta do comportamento dos personagens. Thomas está constantemente bravo porque ninguém responde suas perguntas. Os outros garotos estão sempre nervosos por conta da vida que possuem e não são nada gentis. Aí o que eles fizeram no filme? Transformaram todos em personagens fofinhos e super amigos com todo mundo.

Só avisando, spoilers!

Thomas só passou a considerar Chuck como um amigo depois do meio do livro. Newt, mesmo sendo o mais tranquilo, ficava constantemente chingando Thomas. Quando Alby morreu, Thomas começou a pensar que nem gostava muito dele. Minho abandona Thomas no labirinto assim que o portão fecha. Mas o diretor do filme preferiu coloca-los como mais que amigos, friends.

Como desconsideraram o real comportamento dos personagens e o filme precisava ter pelo menos um pouco de suspense, em vários momentos temos coisas que não aconteceram de fato, mas que foram colocadas para deixar o público tenso. Um ótimo exemplo é quando as paredes do labirinto começam a cair porque Minho e Thomas estavam próximos de descobrir a verdade.

Fora que, tentando passar para as pessoas a imagem de que os clareanos estavam sendo encurralados, desmereceram completamente os corredores. Conforme o livro vai passando, descobrimos que eles já acreditavam há muito tempo que simplesmente não existia uma saída, mas continuavam mesmo assim para dar esperança ao resto da população que ali residia.

Novamente, o que fizeram no filme? Os corredores ficaram assustados e desistiram da função quando as coisas ficaram feias. Esses definitivamente não são os mesmos do livro.

Para não dizer que o filme é uma completa porcaria, tiveram duas cenas que eu realmente gostei. A primeira foi quando Teresa acorda e começa a jogar pedras em todo mundo. Tudo bem que ela acordou dois segundos depois no filme e no livro ficou em coma por dias, mas isso a gente releva. A segunda foi a reação de Thomas à morte de Chuck. A cena ficou realmente muito boa.

O que, por sinal, me obriga a falar de Dylan O’Brien. Eu nunca falo de atores nos meus posts, nunca nem sei o nome deles, mas Dylan, no meio de todo o elenco desse filme, é o único que se salva. O cara é um baita ator e conseguiu representar Thomas muito bem. A prova disso é sua atuação na morte de Chuck que foi simplesmente perfeita.

E claro, não podemos deixar de lado a resolução do labirinto. Enquanto no livro, os corredores levaram dois anos para descobrir um lugar invisível que possuía um código de letras praticamente impossível de desvendar, no filme eles levaram três anos para encontrar um lugar completamente visível e usar uma sequência numérica que era dada pelo próprio labirinto. Novamente os corredores são tratados como um bando de idiotas que precisavam de Thomas para botar ordem no barraco e resolver a porra toda.

Tudo bem que Thomas e Teresa eram mais inteligentes que todos os outros, mas no filme agiram como se o resto dos clareanos fossem um bando de imbecis. Uma coisa é quando pessoas super inteligentes resolvem enigmas super difíceis. Outra coisa muito diferente é colocar essas pessoas para resolver coisas básicas que outro grupo de pessoas passou três anos tentando.

Para resumo da ópera, pegaram um livro maravilhoso e transformaram em um filme extremamente forçado. Que fique claro, essa opinião é baseada apenas em Correr ou Morrer, ou seja, no primeiro livro e filme. Não sei como a saga continua em nenhum dos dois casos, mas em breve vou descobrir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: