Metas

Metas de Março: Conseguimos cumprir?

Discorrendo sobre nossas leituras do mês, se conseguimos alcançar nossas metas ou não.

Thai:

Mais um fim de mês! Março foi um mês tremendamente complicado, passamos metade do mês normal, e na outra metade começamos essa quarentena em que estamos até agora.

Na primeira quinzena eu pensei que acabaria por não dar conta, devido à faculdade. Estava cheia de trabalhos e tinha um concurso para fazer, mas aí veio o Covid-19 e mudou todos os meus planos. É uma tristeza, mas teve seu lado positivo, assim consegui bater a meta estipulada.

Meu pé inicial do mês foi um livro incrível chamado A Paciente Silenciosa. Parece que faz oito anos que fiz essa leitura, mas não, hahaha, ela foi finalizado dia 01/03 e se mostrou simplesmente fantástica. Foi um mês de ótimas leituras, então é difícil definir a melhor, mas essa certamente é uma das. Foi uma das duas que acabou por levar favorito, adianto.

Tem uma escrita fluida e reviravoltas de explodir cabeças. Terá resenha que está agendada lá pra maio! Esperem para ver minha opinião completa.

Minha segunda leitura foi um romance de época amorzinho da Eloisa James, A Duquesa Feia (Contos de Fadas #3). É um reconto da fábula O Patinho Feio. Não é um livro perfeito, na verdade, tem diversos defeitos, como, por exemplo, a autora tinha um prato cheio pra explorar a liberdade sexual feminina e simplesmente ignorou. O homem, mesmo anos separado transou com outras mulheres, mas a mulher tem que seguir no celibato, porque né?

Mesmo sendo um romance de época, dava pra ter explorado esse lado e eu realmente fiquei decepcionada pela Eloisa James não ter visto esse potencial. É importante mostrar para as mulheres que elas também podem ter prazer com o sexo. Mas enfim né… No geral, foi uma leitura agradável. Teve mini resenha no Insta.

A Luva de Cobre (Magisterium #2) foi a próxima leitura da lista. Um livro juvenil divertidinho, mas sem muitos atrativos. Acredito que tenha dado uma decaída se comparado ao primeiro, porém, é mais um que terá resenha lá pra maio, então não me alongarei. Apenas digo que essa foi uma leitura que poderia ter sido melhor.

Voltamos para romances de época em sequência. Li A Viúva (Damas Perfeitas #3), livro nacional da Nahra Mestre, e De Repente uma Noite de Paixão, da Lisa Kleypas. Um me agradou bastante, com uma carga dramática bem carregada e desenvolvimentos satisfatórios. O outro me decepcionou um pouco, pois achei um tanto enfadonho. Amo a Lisa, no meu TOP 10 de autores favoritos ela ficou em #2, então eu sempre irei admirar todos os seus trabalhos, mas esse demorou pra eu engatar. Fui me interessar de verdade pelos personagens lá nas últimas 60 páginas, mais ou menos. O início foi todo bem dispensável. Não é um livro ruim, só não condiz com o talento da Lisa, e isso explica por ser uma obra publicada há quase 20 anos, só aqui no Brasil que é lançamento.

Enfim, não foram grandes leituras, mas também não foram horríveis. Têm salvação.

O Projeto Rosie (#1) é a 6º obra da lista. Uma comédia romântica escrita por um homem. Achei que faltou certas sensibilidades justamente por esse motivo, o protagonista é um ser humano chato, maçante, e o fato da narrativa ser primeira pessoa só atrapalha. Mas Rosie, quem dá título ao livro, tem carisma por ela e por ele, então no fim das contas é uma leitura que vale a pena, carregando os clichês do gênero, mas mostrando diversos elementos diferenciados que a tornam única.

Acho uma indicação válida, inclusive, para quem curte comédia romântica, mas quer ver uma coisa um pouquinho mais diferenciada.

Logo depois eu voltei a ler a minha rainha: Cassandra Clare! Fazia um ano que não lia nada dela e matar a saudade é deleitável. O responsável por isso foi Os Pergaminhos Vermelhos da Magia (As Maldições Ancestrais #1) também não me estenderei por motivos de: resenha em junho. Só digo que eu não esperava muito, porque o personagem Magnus já tem muito material e mais um livro com ele não me parecia necessário, mas o cenário realmente me intrigou bastante. É isto.

Esses mês eu li uma quantidade considerável de Nacionais, como Gaia, da queridíssima Telma Brites Alves, uma autora que conhecemos na Bienal. Uma experiência legal, mas que, honestamente, ficou devendo.

Eu estava com uma leve ressaca literária nesse período e admito que estava bem chata, envolvendo-me pouco com o enredo, mas eu senti que o livro não focava em uma coisa só. Até hoje não sei definir se é romance, fantasia ou drama, porque flerta com todos, mas não se posiciona em nenhum. Não entendi onde o livro queria parar, o que ele quis apresentar.

Acabei dando uma nota amena para Gaia, porque conheci a autora e dói na hora de pesar a mão, né? Ela é um amor e espero que essas impressões sejam mais chatice minha.

Minha 9º leitura foi outra de minhas autoras favoritas dessa vida: Tessa Dare! Outra deusa que conheci. Esse mês li Um Amor Conveniente (Girl Meets Duke #2), um livro singelo, clichê, sem enrolação, e encantador da mesma forma. Ele é cheio de ensinamentos lindos sobre família, amor e lar. Me envolvi do início ao fim, Tessa raramente me decepciona e aqui não aconteceu. Só quero as continuações dessa série. E todos os livros ainda não publicados da autora.

Agora três livros nacionais de uma vez: O Herói Aprendiz, Meu Era Uma Vez, O Amor nos Tempos do Ouro (#1), o primeiro da Raquel Cantarelli, que me deu o livro de presente quando nos conhecemos na Bienal. Ela é uma linda e gostei bastante do mundo que criou! O livro é uma junção de contos que se passam em Étherys, um mundo mágico onde tudo se volta para a materialização de sonhos.

É uma fantasia bem interessante e rápida de ler. Vale dizer que os contos têm ligação entre si, alguns personagens se repetem. Assumo que preferiria uma narrativa linear, mas ainda assim é uma leitura válida.

Agora, Meu Era Uma Vez é um dramalhão estilo novela que eu adorei! A Jenny é da minha editora e foi uma das pessoas que melhor me recepcionou quando eu entrei na The Books, graças a Deus não me decepcionei com sua obra, que é incrível. Trata do mundo das modelos (um mundo que eu abomino por questões pessoais), é assim vários temas surgem, como abuso, estupro, depressão, anorexia, dentre vários outros. Achei muito bem desenvolvido e sabe aquele livro que te envolve e mesmo quando não está lendo, fica lembrando de alguns fatores? Foi assim que aconteceu. Adorei! Só reclamo dos nomes americanizados, mas de resto, uma ótima leitura. Fantástica.

Para finalizar esse trio nacional incrível: O Amor Nos Tempos de Ouro! Mais um romance de época, meu primeiro contato com a Marina Carvalho, uma autora famosa aqui no Brasil. Ela apresenta um Brasil Colonial simplesmente perfeito, dava para se sentir na época, com todas suas características e peculiaridades. Até mesmo na linguagem ela carrega um pouco, o que não me incomodou. Foi uma leitura super gostosa.

Tinha expectativas altas, que foram correspondidas. Inclusive, quero muito a continuação, que promete!

Amor & Gelato foi outro maravilhoso. Clichê, previsível, mas uma delícia de ler. Um livro que te faz viajar pela Itália e conhecer uma história bastante interessante da mãe da protagonista enquanto ela desenvolve a própria história. Uma leitura perfeita para curar ressacas ou matar o tédio.

Os dois últimos: Lady Killers e Ônix (Saga Lux #2), terão resenha, mas adianto que o primeiro me surpreendeu muito! Não é meu estilo de livro, saí totalmente da zona de conforto, e ainda assim amei a experiência, achei que seria bem mais difícil de ler. Foi uma experiência inenarrável que, certamente, mudou um pouco minha vida e meus pontos de vistas.

Ônix acredito que não foi superior ao primeiro, mas foi bem intrigante e viciante, apresentando o mundo alienígena criado por Jennifer L. Armentrout sob novos ângulos, abrangendo-o.

Enfim, março foi um mês super positivo para mim, li muito e a maioria das leituras foram excelentes. Espero que abril dê continuidade a essa maré boa.

Mais abaixo, a lista com as notas de cada livro lido. Lembrando que, caso se interessem por algum dos títulos, por favor, cliquem em cima dos nomes e comprem por meio do meu link para dar aquela ajudada marota nessa pobre blogueira. Fico muito grata com o possível auxílio ❤️

1.A Paciente Silenciosa — 5🌟 + ❤️

2.A Duquesa Feia (Contos de Fadas #3) — 4⭐️

3.A Luva de Cobre (Magisterium #2) — 3⭐️

4.A Viúva (Damas Perfeitas #3) — 4⭐️

5.De Repente uma noite de Paixão — 3,5⭐️

6.O Projeto Rosie (#1) — 4⭐️

7.Os Pergaminhos Vermelhos da Magia (As Maldições Ancestrais #1) — 4,5⭐️

8.Gaia (#1) — 3,5⭐️

9.Um Amor Conveniente (Girl Meets Duke #2) — 4,5⭐️

10. O Herói Aprendiz — 4⭐️

11.Meu Era Uma Vez — 4,5⭐️

12.O Amor nos Tempos do Ouro (#1) — 5🌟

13.Amor & Gelato — 5🌟

14.Lady Killers — 5🌟 + ❤️

15.Ônix (Saga Lux #2) — 4,5⭐️

Amanda:

Esse mês começou bem mal no quesito leitura. Eu estava atrasada com minha releitura de Harry Potter e tinha uma resenha para fazer com uma parceira. Decidi priorizar a leitura do livro da parceira, porém me arrependi. 

Não vou falar muito sobre o livro, nem o nome dele. Por ser uma autora brasileira, talvez seu primeiro livro, não acho justo sair criticando e por isso não vou fazer resenha, mas a verdade é que ele me deixou de ressaca literária. Foi bem difícil ler qualquer coisa depois dele e não consegui terminar, tive que largá-lo na metade porque sabia que seria muito pior continuar. 

Porém, em torno do dia 20, minha ressaca simplesmente passou e voltei a ler normalmente. Terminei Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e meu amor por esse livro só cresceu muito mais. Para mim é realmente muito difícil decidir qual é o meu preferido da saga, mas esse com certeza está na lista.

Depois, finalmente li o livro que sempre quis ler e que estava na minha estante empacado por um bom tempo: O Pequeno Príncipe. Sinceramente, não sei por qual motivo eu não havia lido antes. A minha versão tem em torno de 130 páginas, porém é uma versão ilustrada em que as letras e as margens são bem grandes, o que faz com que o livro seja super rápido de ler. 

Também consegui terminar Maze Renner. Eu não tinha lido nem 100 páginas em fevereiro, então é como se eu tivesse lido o livro inteiro agora em março. Gostei tanto do livro que logo depois assiste o filme. Detestei o filme, mas o livro é maravilhoso. Provavelmente sairá uma resenha comparando os dois em breve. 

O último livro que terminei até agora foi Um Beijo Inesquecível, o livro da Hyacinth de Os Bridgertons. Mesmo não sendo tão bom quanto o resto da série, ele ainda é bem gostosinho de ler e gostei muito do casal. Nem acredito que falta apenas um livro para terminar a série, não sei o que vou fazer depois disso. 

Por fim, vamos falar dos livros que não foram terminados. Um deles é Um Estudo em Vermelho (o primeiro livro sobre o Sherlock Holmes), mas ele não deveria estar na lista dos que não foram terminados em março porque ele será terminado. Deixo para escrever esses posts de metas no dia da publicação e faltam em torno de 40 páginas para terminar o livro, então sei que isso vai acontecer hoje. 

Além dele, outro que ainda não foi terminado é O Poder do Hábito. Só não terminei ele ainda porque, como expliquei no outro post de metas, estou fazendo um resumo dele também. Isso está tomando bastante tempo, mas está sendo uma experiência bastante interessante. 

O único que não foi nem encostado em março foi Harry Potter e o Cálice de Fogo, mas ele fica para abril sem problema algum. 

Tirando o livro do início do mês, março foi um mês de leituras muito bom. Foi repleto de releituras, o que, estou percebendo agora, me incomoda um pouco mas vou mudar muito isso em abril. 

1. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Harry Potter #3) – 5🌟 + ❤️

2. O Pequeno Príncipe – 5🌟

3. Maze Runner – Correr ou Morrer (Maze Runner #1) – 5🌟 + ❤️

4. Um Beijo Inesquecível (Os Bridgertons #7) – 4⭐️

5. Um Estudo em Vermelho  – 5🌟

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: