Resenhas

RESENHA: Com Amor, Simon

Quando assisti ao filme ano passado, já fiquei louca para ler o livro. Finalmente consegui compra-lo na Black Friday e não tinha opção melhor para começar o ano bem.

Foi o primeiro livro que li onde o personagem principal era homossexual e preciso dizer que adorei. O que mais gostei foi o medo dele de contar para os pais. Estamos acostumados a ver filmes e séries onde a pessoa tem medo de sair do armário por conta de pais preconceituosos, mas dificilmente vemos como isso acontece quando os pais são tranquilos. A questão é que dá medo mesmo assim.

Simon (ou melhor, Jaques) e Blue conversam nos emails sobre qual seria o jeito certo de anunciar para o mundo a orientação sexual. Para eles, o correto seria que as pessoas precisassem dizer independente qual fosse (heterossexual, homossexual ou bissexual). Eu discordo um pouco, para mim, ninguém tem que se justificar para ninguém e não deveria ser surpresa nenhuma para os pais o filho homem chegar com um namorado em casa. Talvez um dia o ser humano chegue lá.

Mesmo assim, gostei muito de como esse assunto foi abordado pela a autora. Talvez isso abra um pouco a cabeça de pessoas mais preconceituosas. 

Mas enfim, vamos comparar o livro com a adaptação? Adorei os dois, mas não posso negar que são bem diferentes. O filme tem muito mais drama, o que é normal já que eles querem atrair gente para assistir. Confesso que passei boa parte do livro esperando as brigas, o desespero de Simon quando Blue para de falar com ele e o discurso de Simon quando humilham outro estudante homossexual. Porém, essa falta de drama fez com que a leitura fosse bem leve, o que gostei bastante também.

Sobre os personagens, todos me agradaram bastante, menos Leah. Que menina chata, meu Deus do céu. Estou pensando seriamente se vou ler a continuação já que ela é a principal, não sei se consigo aguentar essa menina. A melhor coisa para mim foi quando ela e o Simon brigaram e ninguém mais era obrigado a atura-la.

Simon foi um ótimo protagonista por ser alguém real. Não é uma pessoa perfeita, é um adolescente com milhares de dúvidas e inseguranças. 

Agora, Blue. O que dizer sobre ele? Adorei! Mesmo já tendo assistido ao filme, eu não fazia nem ideia de qual era o nome dele. Eu lembrava que era alguém que estava sempre perto, mas não exatamente quem, então sim, fiquei chocada quando eu descobri quem foi. Fiquem tranquilos que não vou dizer o nome, só vou dizer que é a melhor pessoa possível.

Gostei do livro como um todo, mesmo ele não sendo a coisa mais emocionante do mundo. A história é muito fofa e mesmo não sendo a coisa mais original do mundo, coube muito bem com um personagem homossexual. 


Compre o livro na Amazon

Nossas metas de janeiro!


Escrita: ⭐⭐⭐⭐⭐

Personagens: ⭐⭐⭐⭐⭐

História: ⭐⭐⭐⭐

Final: ⭐⭐⭐⭐⭐

Cópia: ⭐⭐⭐⭐⭐


Nota final: ⭐⭐⭐⭐⭐

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: