Resenhas

RESENHA: E Não Sobrou Nenhum, de Agatha Christie.

Saiba minha opinião sobre o livro E Não Sobrou Nenhum (ou O Caso dos Dez Negrinhos), de Agatha Christie.

Livro: E Não Sobrou Nenhum (também conhecido como O Caso dos Dez Negrinhos)

Autora: Agatha Christie.

Páginas: 400.

Editora: Globo Livros.

Lido em: 2 dias.

Skoob | Garanta seu exemplar

Primeiramente, FELIZ ANO NOVO!

Em segundo lugar:

Sinopse:

Dez pessoas que não se conhecem recebem um mesmo convite para passar um fim de semana numa ilha particular. Na primeira noite, logo após o jantar, elas ouvem uma voz acusando cada uma de um crime cometido e ocultado no passado. Então, mortes inexplicáveis começam a acontecer. E a cada convidado eliminado, também desaparece um soldadinho de um grupo de dez que enfeita a mesa de jantar. Quem poderia saber dos dez diferentes crimes? Quem seria seu juiz e carrasco? Como escapar da próxima execução?

Começar a falar desse livro… Uau. De todas as vezes que falei o quanto era difícil começar uma resenha, nenhuma delas se comparou a este momento. Estou escrevendo esse texto poucos minutos depois de terminar o livro, duas pessoas alimentaram muito minhas expectativas para ele, mas… Nada me preparou para o que ele tem.

Eu estava esperando um romance policial típico da Agatha: Assassinato, um detetive, investigação, lá pro meio mais uma pessoa morre, e pronto: solução. Não é o que há aqui.

A obra já começa bem diferente das demais da autora, temos dez pessoas, isso mesmo, dez vítimas, pode-se dizer. Cada uma está indo por um motivo para o destino final: a Ilha do Soldado, em Devon, na Inglaterra. Chegando lá eles descobrem que tudo era uma farsa e eles não passavam de peões na mão de algum psicopata sórdido que descobrira o mais íntimo segredo de cada um deles, todos tem a ver com um possível homicídio e uma parcela de responsabilidade íntima.

E logo que eles chegam lá isso já é explícito com uma cena simplesmente memorável de jantar. Demora um pouco para que eles entendam que não passavam de peões ali dentro, mas quando compreendem isso… Ah, meus amigos, aí que a história realmente começa.

Meu cérebro deu cada nó com esse livro… Suspeitei de pelo menos 4 deles e no final tem cada reviravolta de explodir cabeças que olha… Não dá. Muitas vezes durante a leitura eu não fazia a mínima ideia do que estava acontecendo, para onde estávamos indo e só posso dizer que Agatha Christie realmente devia ter um instinto psicopata, hahaha, ou em outra vida ela foi um, porque não é possível! A mente dessa mulher, minha gente… Como? Apenas pergunto isso.

Você não chega a se afeiçoar a nem um personagem, não tem tanto aprofundamento, eu diria que só a/o final girl/boy que tem uma pontinha de profundidade ali, além do assassino, claro. Porém isso não me incomodou, entendi a necessidade disso, como já disse duas vezes nessa mesma resenha, a maioria deles não passava de meros peões, aliás, todos eles, até o assassino se tornou um dentro de sua própria mente diabólica.

O mais intrigante nesse enredo é justamente essa insegurança que te acompanha do início ao fim, afinal, quem era o assassino? Quem estava em perigo? Quem seria o próximo?

A jogada do poema também foi simplesmente genial, não tem outra palavra. Se eu estudasse para as provas da faculdade no mesmo nível que estudei esse poema, eu seria aluna laureada no fim do curso, haha, de verdade. Deixei marcado e li, reli, diversas vezes, tentando desvendar a próxima vítima, a mente por trás de tudo e caí em várias pegadinhas, vale dizer! Nada é tão claro quanto parece, apenas saibam disso.

Serve com um bom norte, mas não como a verdade absoluta do que vai acontecer.

O clima de suspense é digno de aplausos, muitíssimo bem estabelecido e transpassado, o perigo e risco que cada um passava era palpável dentro da narrativa, o medo, a insegurança… Aquela sensação do inimigo poder estar bem à sua frente… Só a rainha do crime pra fazer um trabalho tão bem feito desses mesmo.

Esse ponto inovador, de sair daquele molde de investigação comum, foi muito bom, deixar esse peso nas costas de cada um, permitindo que cada personagem suspeitasse de uma pessoa em específico foi ótimo, porque brinca com a cabeça do leitor também.

Eu nunca fui tão feita de otária!

Mas tudo bem, estou satisfeita. Impactada ainda, mas satisfeita, haha.

Passando para o final já, aí sim, minha gente, que a cabeça explode de vez, porque vai sobrando pouca gente, o número de suspeitos vai diminuindo e você chega naquele empasse: dentre os que sobraram, quem parecia mais propenso a ter ornamentado tudo aquilo? Talvez nenhum deles? Rs

Eu achei que estava entendendo a coisa toda, então o enredo foi andando, percebi que não estava entendendo era nada, andou mais um pouco, novamente me vi perdida, até chegar no epílogo, aí eu vi que eu era uma otária mesmo e a Agatha Christie escreveu a obra toda com o papel de trouxa que me rendeu. Aposto que lá do caixão ela riu horrores da minha cara.

Quem tem mania de ler a última página aqui, mas não leia sobre hipótese nenhuma!

Voltando para o ponto do desfecho… Eu fechei o livro, então deixei ele cair no meu colo e olhei pra parede. Assim fiquei por uns 5 minutos, sem nem ter disposição para marcar como lido no Skoob. Eu queria chorar ao mesmo tempo que queria reler pra ver pela nova perspectiva que foi apresentada, ao passo que poderia jogar o livro na parede ou abraçá-lo também.

Transtornada, acho que é uma boa palavra.

Bem, foi um misto de emoções. No início tudo era meio morno, aí o cabaré começa a pegar fogo e não para mais. Quando você vê também está pegando fogo junto com eles, é isto.

Teria como não dar nota 5 pra esse livro? Para mim não, perdão. Incontestável que, dentre os que li até agora, é o melhor da Agatha, o melhor suspense, o melhor romance policial, o melhor tudo! Deus, que livro. Obrigada por nos abençoar com ele, e com essa escritora sensacional que me dá um pouco de medo, no entanto, não deixa de ser muito inteligente e talentosa.

Para o final desse post, além da nota, só queria deixar a quantidade marcações que fiz, foi um pouquinho mais do que eu imaginava, entendam como quiserem, rs.

Galera, se alguém se interessou por essa obra por meio dessa resenha, peço para que compre pelo link que tem aqui em cima nas palavras “Garanta seu Exemplar”, porque assim, eu recebo uma comissão por ter te feito conhecer o produto e comprá-lo. Fico grata a quem fazê-lo.

5 estrelas

[Meu Skoob para quem quer estar por dentro de minhas próximas leituras]

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: