Vida de escritora

Como o blog melhorou minha escrita e como pode melhorar a sua também

Eu e a Thai criamos esse blog há mais de um ano. Naquela época, tínhamos acabado de voltar da nossa primeira experiência na Bienal de São Paulo e estávamos mais apaixonadas do que nunca pela leitura. Durante anos da minha vida tive vontade de criar um blog, mas nunca soube sobre o que escrever. A Thai queria compartilhar sua opinião sobre a literatura em geral e um jeito de divulgar o livro dela. Digamos que juntamos o útil ao agradável. 

No começo, confesso que era um pouco difícil. Eu não sabia se realmente poderia me comprometer a escrever uma ou duas vezes por semana, nem se teria conteúdo, muito menos se minha escrita estaria à altura para isso. 

Mas depois de mais de um ano escrevendo sempre, minha escrita já melhorou muito. Sei que boa parte dessa melhora, foi devido ao blog e é sobre isso que quero falar um pouco mais hoje!

Escrita regular 

Escrever é um hábito e, como tal, precisa de prática. Uma das coisas mais importantes para alguém que queira ter acessos no seu blog é publicar constantemente. Desde que começamos, publicamos toda segunda, quarta e sexta às 15:30.  

Por isso, pelo menos uma vez por semana eu tenho que escrever um post de mais ou menos 1000 palavras. É verdade que não estou criando uma história aqui, mas mesmo assim estou praticando gramática, construção de sentenças, vocabulário, tudo isso. Acho que não preciso dizer o quanto isso é importante.

Eu já fiz outro post aqui com uma dica para quem quer criar o hábito da escrita, mas ter uma motivação a mais e escrever coisas diferentes também é importante. 

Trabalho que envolve criatividade 

Lembra que eu disse no começo do post que eu achava que seria difícil pensar em posts sempre? Não vou mentir, às vezes me dá um branco e eu não faço a menor ideia do que escrever. Mas se engana quem pensa que a criatividade depende de inspiração. A verdade é que ela depende muito mais é de prazos e compromissos. 

Por exemplo, eu e a Thai temos uma data específica para publicar. Não só isso, mas se eu não colocar um post novo no dia certo, ela com certeza ficaria puta da cara comigo (o contrário seria a mesma coisa). Com tudo isso, vocês realmente acham que eu tenho a opção de ficar esperando a inspiração bater? Às vezes (como hoje) isso acontece, mas não é sempre. 

Com livros e textos, acontece a mesma coisa. Não adianta contar com a inspiração, você tem que sentar e prometer para você mesmo que não sairá da frente do computador enquanto não tiver algo pronto. É difícil, é verdade, mas também precisa de prática. Quanto mais você forçar seu cérebro a inventar soluções quando você precisa escrever alguma coisa com um prazo curto, mais fácil será fazer isso repetidamente. 

Interação com o público 

Outra coisa muito boa é a interação que você tem com seu público antes mesmo de começar a escrever o livro. Isso é bom por vários motivos. Em primeiro lugar, acredito que a razão mais óbvia de todas, você já conquista uma audiência para seu livro, pessoas que estarão esperando ele ser lançado.

Além disso, dá para conhecer editoras, agências, outros escritores, várias pessoas que podem te ajudar não só na escrita, mas em todos os outros processos até a publicação do livro. É possível criar uma comunidade enorme com as redes sociais.

E claro, enquanto você escreve, pode conversar com seus leitores, perguntar o que eles gostariam de ler, que tipo de personagem eles querem. Enquete no Instagram está aí para esse tipo de coisa!

Resenhas

Essa parte é mais específica para blogs literários, mas tinha que entrar aqui. Quando você vai começar uma loja ou algum outro empreendimento não pedem para você analisar a concorrência? Resenhas são basicamente isso.

Você está escrevendo um gênero que você gosta (assim espero) então não deve ser difícil ler livros do tipo. Com certeza, seu blog estará cheio de resenhas sobre esses livros onde você mesmo analisará todos os pontos positivos e negativos deles. Com essa perspectiva do que é bom e do que não é, basta implementar na sua escrita. 

Ter o blog ao longo do ano foi maravilhoso para mim. Foi um ano cheio de mudanças e foi ótimo ter algo para escapar um pouco. Por isso, quero agradecer todos que ficaram com a gente esse ano e espero que continuem pelos próximos.

2 comentários

  1. Ter um blog é mesmo desafiador, afinal, às vezes o silêncio nos toma é nessas horas, que podem se tornar meses (no meu caso um ano), fica difícil manter o padrão. Mas esse ano parado me fez ver como era só autocobrança excessiva. Escrever é lindo de todo jeito. Obrigado pela leitura.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: