Resenhas

RESENHA: Me Poupe!

Simplesmente não havia como ler um livro maravilhoso desses e não fazer uma resenha sobre. Para qualquer pessoa com problemas com a vida financeira, ou começando a ganhar o próprio dinheiro e não faz ideia de como administrá-lo (meu caso), ou até para aqueles que possuem dinheiro sobrando e precisam de dicas para lidar com ele, o livro Me Poupe! da Nathalia Arcuri é a melhor opção.

A população brasileira em geral tem muita dificuldade em lidar com finanças e eu acredito ser a escola uma das maiores responsáveis por isso. São pouquíssimas as escolas que falam sobre finanças. Eu e a Thais estudamos na mesma escola durante nossa vida inteira e era sempre a mesma coisa todos os anos. Assistíamos uma péssima palestra a qual insistia que tínhamos que poupar nosso dinheiro. Nos davam um porquinho de plástico e faziam nossas professoras de matemática nos dar aulas de edução financeira de quinze em quinze dias. Conclusão, separávamos uma minúscula parte do final do nosso caderno de matemática, tínhamos aula de educação financeira uma vez, talvez outra um mês depois e acabou por aí. 

Isso tudo ainda considerando que estudávamos em uma escola particular, talvez até uma das maiores da nossa cidade. Se ali a educação financeira já era péssima, praticamente nula, só dá para imaginar como acontece nas escolas públicas. Juntando tudo isso com o preconceito com as pessoas com menos condições financeiras, fazendo eles acreditarem que estão fadados ao fracasso, pronto, temos uma situação caótica. 

No começo do ano li Pai Rico, Pai Pobre. Eu acreditava não poder existir um livro de economia melhor, mas estava muito enganada. Por mais que aquele livro tenha uma linguagem muito boa e seja ótimo para quem está começando, ele não se compara ao Me Poupe!

A verdade é que foi uma junção de coisas as quais fizeram esse ser o melhor momento para ler esse livro. Primeiro, consegui meu primeiro emprego de verdade e logo vou começar a ganhar meu primeiro salário. Mesmo eu já tendo vontade de investir em alguma coisa, não fazia ideia de por onde começar. Esse inclusive foi um dos grandes problemas  em Pai Rico, Pai Pobre. A maioria das dicas servem apenas para quem ganha um salário razoavelmente bom. Eu pretendo, algum dia, investir em imóveis, mas como uma estudante que vive do dinheiro dos pais, por enquanto está difícil e não vai rolar tão cedo. O Me Poupe! abriu minha cabeça e mostrou quais são as melhores opções para investimentos, mesmo se você não tem muito dinheiro. Não só isso, mas eu e a Thais estamos começando a investir mais no blog e no Instagram. Temos muitos planos e o livro vai nos ajudar a criar um planejamento decente. 

Outra coisa incrível é a quantidade de tapas na cara que você leva. Uma das coisas que foi super útil para mim foi fazer o cálculo de quanto tempo devo trabalhar para juntar R$100,00. Acho que essa é a dica mais importante para os (assim como eu) compradores compulsivos. Eu sempre tive esse problema em que toda vez tenho algum vício, compro tudo relacionado a isso. Atualmente, são os livros. Nem preciso dizer que está longe do ideal.

Fazer o cálculo de quanto tempo você demora para conseguir R$100,00 ajuda a ter mais consciência do dinheiro e do quanto você precisa trabalhar para consegui-lo. A coisa mais fácil do mundo é gastar R$100, mas ganhar essa mesma quantia não é tão simples assim. 

Além disso, a Nathalia ainda ensina a montar um orçamento para gerenciar seu dinheiro. Eu já li muitas dicas sobre como montar um orçamento e a coisa mais irritante era sobre aquelas coisas muito importantes para nós. No meu caso, livros são muito importantes. Não só eles são meu maior hobby ultimamente, mas eles também são muito importantes para esse blog que vocês estão lendo. É impossível ter um blog literário se você não lê livros. 

No Me Poupe!, a Nathalia explica onde colocar esse tipo de coisa: nos 55% utilizado para as coisas das quais você não vive sem. Não estou falando para você sair colocando tudo nessa categoria, longe disso. A questão é que muitas pessoas tentam deixar essa lista de necessidades muito simples, apenas com comida e contas. Não funciona assim, sua vida não se resume a isso. Mas volto a dizer, não vai colocando qualquer coisa nessa lista também não vai dar certo.

Além das dicas maravilhosas, a linguagem utilizada pela Nathalia também é muito boa de acompanhar. Levei três dias para ler o livro inteiro, mas foi só porque tenho um limite de 50 páginas por dia para esse gênero, já que são feitos para ensinar alguma coisa e fazer pensar. Entretanto, mesmo falando sobre economia, um assunto considerado chato pela maioria das pessoas, é totalmente possível ler tudo em apenas uma tarde. 

Grifei várias partes do livro, quase acabei com minhas flags azuis, simplesmente porque esse livro vale a pena. Ele tem vários exercícios simples para você analisar sua vida financeira de modo geral e pretendo refazer todos quando começar a receber meu salário (em janeiro <3). Indico para qualquer pessoa querendo começar a ter controle por sua vida financeira e que não faz nem ideia de como começar.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: