Resenhas

RESENHA: Lady Susan, Os Watson e Sanditon, de Jane Austen.

Saiba minha opinião sobre o conto Lady Susan e as obras inacabadas Os Watson e Sanditon, de Jane Austen.

Livro: Lady Susan, Os Watson, Sanditon.

Autora: Jane Austen.

Páginas: 240.

Editora: L&PM Pocket.

Lido em: 4 dias.

Skoob

Neste pequeno livro temos 3 estórias: Lady Susan, Os Watson e Sanditon (que há pouco recebeu uma adaptação), ambas obras inacabadas, que Jane não teve tempo de terminar.

A primeira estória apresentada é Lady Susan, um conto curtinho, todo contado por meio de cartas, que nos mostra uma vilã, não há outra forma de defini-la. Susan é uma viúva fria e calculista, manipulando a vida até da própria filha sem piedade alguma.

As cartas são de vários personagens, a cunhada de Susan, o homem em que ela estava “interessada”, seus pais e uma grande amiga da nossa protagonista.

A princípio eu achei que sentiria falta de diálogos e uma narrativa linear, mas a verdade é que nossa amada Jane Austen já nasceu sendo uma exímia escritora, ela sabia exatamente como transpassar emoção, fosse da forma que fosse, e eu achei até intrigante essa coisa das cartas, porque é um modo de mostrar vários pontos de vista sem recorrer àquele velho artifício que não me agrada: ir revezando as narrativas em primeira pessoa.

Uma coisa fantástica é ver uma mulher do século XIX em seu trabalho ter tamanha ousadia a ponto de colocar uma vilã como sua protagonista. Lady Susan é praticamente a Carminha do século retrasado, manipuladora, mesquinha. A gente ama e odeia ao mesmo tempo, o que eu acho incrível, em especial se você considerar que é um enredo curto e breve.

Nessa simples versão pocket deu apenas 92 páginas e ainda assim eu consegui me envolver com tudo como se estivesse lendo 200. Tem reviravoltas e tudo que se espera num livro normal.

Logicamente não é o melhor da Jane Austen, mas para um conto, está excelente.

É um conto direto, emocionante e épico que merece total reconhecimento.

Agora falando sobre os Watson, começando essa nossa jornada de obras inacabadas, Deus, como eu queria que Jane tivesse finalizado essa obra!

Nela acompanhamos Emma Watson (imagine só!) e a ambientação é bem naquele estilo que a gente gosta: bailes com a aristocracia. Não deu tempo de formar muita opinião sobre enredo, personagens, mas eu acho que esse livro tinha um grande potencial para ser um dos melhores da Jane Austen e é realmente uma pena que não tivemos acesso a ele completo, com todas as ideias dela transcritas ali.

Nessas pouco mais de 60 páginas que tivemos já me pareceu uma estória bastante envolvente.

Passemos para Sanditon agora, obra inacabada está que, como dito, está sendo muito comentada devido à recente adaptação televisiva que saiu.

Eu vi todo o burburinho que a série estava causando e nem me lembrava que tinha esse livro aqui em casa. Eu comprei esse pocket principalmente por causa de Lady Susan, e foi legal ler antes de assistir. Não sei quando vou assistir, não estou muito no clima de séries, mas se eu chegar a tanto, prometo que trago uma comparação com o pouco material escrito que temos.

O pouco que temos gira em torno da propriedade de Sanditon onde algumas famílias irão se hospedar. Preciso assumir que achei o início muito arrastado. É normal isso nos livros da Jane Austen, mas aqui cansou minha cabeça de verdade, talvez por já ter lido duas outras estórias não consegui me envolver completamente com a última. Enfim, depois de um tempo eu me entreguei mais a leitura e fluiu melhor. Mas não dá tempo pra você realmente se encontrar ali, infelizmente. Eu acho que poderia sair um livro lindo daqui se a autora tivesse vivido um pouquinho mais.

No geral, eu preferi os Watson, pareceu-me mais interessante e acho que renderia mais se fosse uma obra acabada, teria me encantado mais. De qualquer forma, uma dor no coração me atinge ao ver tamanho talento sendo levado com tão pouca idade.
Eu mesma me peguei imaginando como seria se eu morresse por agora e deixasse meu 3º livro pela metade. Acho que eu pediria pra alguma das minhas amigas continuar, hahaha. Muita empolgação pra ser deixada pela metade 🥺

Finalizando, acho que aos fãs da Jane Austen, como eu, essas são leituras bastante válidas. Claro que é triste ler Os Watson e Sanditon pela metade, mas mesmo assim, você reconhece a identidade da Jane ali e se encanta por sua narrativa. Tirando o fato de que fica livre para imaginar a estória da forma que quiser, né? Haha.

[Meu Skoob para quem quer estar por dentro de minhas próximas leituras]

2 comentários

  1. Ainda não li essa obras; mas, como fã da autora, não posso fazer mais do que lamentar que não tenham sido concluídas. Afinal, a escrita e a ironia de Jane Austen eram fantásticas!
    Ps.: Parabéns pela resenha! 🙂

    Curtir

  2. Muito obrigada pelo seu elogio e pelo comentário ❤️ e realmente! Uma pena imensa, queria muito que ela tivesse terminado, porque pareciam obras fantásticas

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: