Listas

Aquisições da Bienal do Rio.

Listando minhas comprinhas da Bienal.

Já estou com preguiça só de me imaginar procurando, na minha estante, todos os livros que comprei na Bienal para a foto de post, haha.

Mas bora lá! Acho que a Amanda também vai fazer um post assim e eu sou muito copiona sim, então vou fazer.

Começando:

  1. Lágrimas de Outono – Amanda Bonatti.

Acho que esse foi realmente o primeiro que comprei dentre todos, esse e o próximo na verdade.

Já comentei em um dos posts anteriores e vou repetir aqui: essa obra é o novo lançamento da Amanda. Se eu não me engano, é a segunda edição, que veio com capa e diagramação novas. E é uma estória com certa pitada espirita, sendo que eu adoro isso.

Parece que se trata de um enredo que mostra Bel, uma mulher guerreira, de lutas e sofrimentos, que agora irá descobrir o amor com um novo rapaz que irá aparecer em sua vida e mostrar um novo sentido para seus princípios.

Eu já estou super ansiosa pra ler, nunca vi uma resenha negativa, eu adorei a escrita elegante da Amanda e tudo no livro me chamou atenção. Acho que vai ficar pra meta do ano que vem porque estou fechando a desse ano, mas mesmo assim, quero muito lê-lo!

  1. Nas Colinas de Dorsetshire – Amanda Bonatti.

Vocês podem ver que eu cheguei na bienal e já fui direto tietar a Amanda, né? Dois livros dela logo de cara, hahaha. Os dois autografados, aliás, amo!

Colinas já é um romance de época que eu estava namorando há tempos também, só que queria primeiro ler O Bosque de Faias e Um Amor Para Johan, agora que consegui os físicos destes, não teria porque não comprar, né? Então já tá guardadinho aqui com todo o amor.

Em primeira pessoa, temos uma estória narrada por Lolla Gibbons, uma jovem apaixonada por Shakespeare que tem como ambição casar por amor. Ela vive em uma pequena vila, e sua vida muda drasticamente quando precisa se mudar junto da família para o campo, onde seu pai arranjou um novo emprego que tem certa objetivo por trás: o homem que propôs o emprego o faz para tentar tornar Lolla sua esposa. E imaginem só! Ela vai se apaixonar pelo filho desse homem abominável.

Essa premissa já me comprou total e me deixou ansiosa para lê-lo desde que a vi pela primeira vez. Já quero que seja uma das minhas primeiras leituras do ano que vem. O estilo de escrita da Amanda me lembra muito a Jane Austen, então pensa a baita novela que me espera?

  1. A Noiva do Barão (Família Davon #1) – Simone O. Marques.

Essa capa não é linda? Eu nem nego que foi por esse motivo que comprei, hahaha.

Eu nem tinha lido a sinopse antes de comprar, se for falar a verdade pra vocês. Só sabia que se passava na idade média, mas depois que li a sinopse me interessei mais ainda, parece sem bem interessante.

Resumindo: Lisbeth é uma moça sem uma boa relação com a família e seu pai, em dívida com o rei, a dá como noiva para um barão de péssima reputação. O irmão desse barão, Robert, precisaria escoltá-la e adivinhem? Eles vão se apaixonar, né, óbvio.

Gosto desse tipo de enredo, então fiquei bem curiosa para ver como a autora vai trabalhar isso, especialmente por se passar na idade média. É muito raro eu ler livros que se passam na idade média porque acho uma época muito machista e nojenta. Quando o povo força para parecer mais agradável me incomoda um pouquinho, mas vamos dar uma chance, né?

É autora nacional, a capa é lindíssima e, além disso, eu já dei uma folheada e li algumas partes, gostei do pouco que me permiti ver.

  1. Desejo e Escândalo (Sins of All Seasons #1) – Lorraine Heath.

Esse aqui foi indicação da minha parceira, Emily, do @leiturasdeumalady, eu já me interessava antes, mas tinha certo receio porque meu estilo de leitura não bate tanto com a escrita da autora. Ela me convenceu a comprar, vamos ver qual vai ser minha opinião, dona Emily, haha.

O filho bastardo desconhecido de um duque que, mesmo sendo um empresário de sucesso, procura vingança contra o homem que nunca o reconheceu. A melhor forma que Mick encontra de lograr essa vingança é seduzindo a noiva do filho legitimo de seu pai. A partir daí nem preciso dizer, né?

Premissa clichezona, até lembra um pouco a de A Noiva do Barão, e como eu disse, amo esse tipo de estória! Então considerando só a sinopse, já penso que vou aprovar a obra sim. Espero que a autora me surpreenda no quesito escrita agora.

  1. A Verdade Sobre Amores e Duques (Querida Conselheira Amorosa… #1) – Laura Lee Gurkhe.

Preciso confessar que quanto a esse livro eu estou um tanto receosa. Comecei a me interessar a partir de uma indicação da Paola Aleksandra, e eu não sei nem porque ainda sigo as indicações dela, haha.

Teve dois livros que li dessa forma que olha… Vou falar pra vocês… Tive muito estomago pra terminar, haha. Sofridos de ruim.

Mas esse eu dei uma pesquisada a mais e realmente me pareceu interessante, a Harper Collins/Harlequin era a única editora maior que dava pra comprar alguma coisa (paguei 20 reais em cada – esse e o de cima), as outras estavam inviáveis e se me recordo bem, realmente foi a única compra que fiz dentre as editoras mais conhecidas.

A mãe de Henry Cavanaugh, duque de Torquil, seguindo os conselhos de uma conselheira amorosa que publica artigos em um jornal, decide se casar com um artista e fugir, afundando o nome da família do duque na lama. Revoltado com a nova instabilidade em sua vida, quer descobrir a verdadeira identidade dessa mexiriqueira e acabar com ela. A diretora do jornal, Irene Deverill é que acaba recebendo essa bomba em seu colo, tendo de lidar com Henry. Eles só não esperavam que iam se apaixonar, né? Rsrs.

A premissa me prendeu a atenção, a capa também. Vamos ver o que sai disso.

  1. Obsidiana (Saga Lux #1) – Jennifer L. Armentrout.

Eis um livro que eu estava querendo há muito tempo e enfim encontrei a melhor oportunidade! 20 reais no estande da Editora Valentina.

Ultimamente estou meio assim com essas fantasias adolescentes, mas essa de fato chamou minha atenção, porque se trata de um romance com alienígenas e as pessoas exaltam muito, eu nunca vi uma resenha negativa dessa série!

A capa é feia, mas mesmo assim estou super interessada para ver como a autora vai trabalhar essa questão alienígena. O máximo de ficção que li com essa temática foi A Hospedeira, da Stephenie Meyer, assim penso como será agora, como Jennifer Arnentrout criará seu próprio universo fantasioso, o estilo do alien e tudo mais.

Consigo imaginar bons plots com esse assunto. É outro que quero ler logo no início do ano que vem!

  1. Contos de Fadas de Cabeceira – Juliana Lima.

Agora vamos falar das meninas da minha editora! Ju é um amor, desde que apareceu na editora sempre me tratou com muito carinho e eu não podia deixar de retribuir, né? Até a mãe dela me adicionou no Face e curte tudo que eu publico lá, hahaha.

Aproveitei para comprar logo no lançamento, que foi justamente lá na Bienal. Infelizmente fomos em finais de semanas diferentes, então não pude ter autografado, mas vou esperar outras oportunidades, o que vale é comprar e exaltar essa maravilhosa.

É um livro pequititinho que, como diz o nome, mostra diversos contos de fadas repaginados pra gente, mais realistas e talvez sem um “felizes para sempre” no fim. Parece incrível, né? Logo eu trago a resenhas pra vocês, podem esperar.

  1. Regnaturi – Sandra Milani Moreira.

Outro romance medieval e eu já tinha citado a autora aqui numa lista de autoras que eu queria muito ler.

Parece-me uma estória bem empoderada que mostra uma rainha, a primeira mulher a assumir o trono em seu reino. Entre vários de seus novos desafios, um deles é aprender a lutar com seu amigo de infância, Aron. E acho que vai rolar um clima aí, hein? Rs. Mas além disso, acho que realmente o foco principal da estória é uma mulher governando, o que é muito interessante.

Sandra é um amor de pessoa e estou bem curiosa para ver como é sua escrita. Espero que seja tão intrigante quanto parece.

  1. Amores de Outrora – Antologia com vários autores.

Um livro com vários contos de época com tema LGBT?! Eu precisava dessa antologia! Desde que a conheci, já me interessei, e aproveitei para comprar na Bienal e pedir autógrafo da Crys, uma das organizadoras e capista.

A diagramação é linda e eu quero muito ver como cada autor trabalhou, de forma breve, essa coisa proibida do romance LGBT em um século muito pior em questão de aceitação do que esse em que vivemos (que já não é lá essas coisas)

Acho que vai ser uma leitura leve de fim de tarde, exatamente por não ter espaço para tratar o assunto com a dramaticidade necessária, mas mesmo assim, já quero ler!

  1. O Herói Aprendiz – Raquel Cantarelli.

Esse aqui eu não comprei, ganhei de presente!

Super me emocionei quando a autora foi lá comprar o meu livro na minha estande e, além disso, me deu o dela. Eu nem sabia como reagir, mas foi um momento lindo, de preencher o coração, e pode esperar, Raquel, que logo a gente vai divulgar seus livros com resenhas do jeitinho que você merece. Obrigada pelo carinho.

Temos o universo de Ethérys aqui, o reino de infinitas possibilidades. Aqui se trabalha a materialização de sonhos! A premissa é bem interessante. Parece que há umas espécies de enigmas que fazem os aprendizes encontrarem a plena felicidade. Muito intrigante, né? Acho válido vocês darem uma pesquisada e conhecerem o trabalho da autora, que é muito querida, viu?

  1. Esposa Até Segunda (Noivas da Semana #2) – Catherine Bybee.

Já li o primeiro livro dessa série e há tempos queria comprar o segundo em forma física.

As capas são lindíssimas e os enredos são leves, fluidos e rápidos. Esse foi um dos que comprei naqueles estandes que tudo era 10 reais. Um achado, porque não tinha quase nada interessante (ou que eu já não tivesse) por lá.

Comprei na mesma hora que vi, hahaha. Para quem não sabe, essa série mostra algumas estórias de amor bem rapidinho que viram matrimônio. É aquela leitura pra colocar entre várias obras pesadas. Bem gostosinho, quem procura esse tipo de indicação, já fica a dica aí.

  1. A Viúva (Série Damas Perfeitas #3) – Nahra Mestre.

Queria comprar o box dessa série, com todos os livros, porque só li por e-book, mas 110 reais é muito dinheiro pra investir numa coisa só que eu já li dois livros ainda, haha. Então comprei o terceiro, que é a minha próxima leitura dessa série.

Não vou dar um resumo aqui, pois digamos que tem um leve spoiler do segundo livro, mas saibam que trata de uma estória com uma personagem muito marcante, que tomou atitude extremamente difícil, mas essencial.

Viollet me marcou muito com sua coragem e quero ver como ela vai conseguir viver e se permitir apaixonar-se. Confio na Nahra para isso, vamos ver como a autora vai trabalhar a situação. Já estou super ansiosa e quero ler logo!

Espero conseguir comprar o resto da série em formato físico, porque os enredos valem a pena e as capas são incríveis de lindas. Aliás gente, vocês acreditam que era pra eu ter pegado autografado, só que eu estava tão agitada lá no estande da minha editora que esqueci do horário da Nahra? Chateadíssima com minha desatenção.

  1. As Listas de Casamento de Becky Bloom (Becky Bloom #3) – Sophie Kinsella.

Esse eu comprei no sebo por 12 reais e, preciso assumir pra vocês, aprendi a amar sebos! Hahaha, eu odiava, mas esses livros da Becky Bloom mesmo, são bem difíceis de achar por serem mais antiguinhos e você não só encontra nos sebos, como acha por preços super acessíveis. O único que eu comprei mesmo dessa saga foi o primeiro e foi numa promoção da Amazon, onde paguei cerca de 30 reais. Mas tanto o segundo quanto o terceiro foram em sebos, consegui exemplares bem conservados e muito baratos. Ainda bem que a gente vive pra ir se descontruindo desses preconceitos, né?

Acho que vai chegar num ponto que vou enjoar dessa saga da Becky, mas por enquanto é uma leitura leve e engraçada que me agrada em momentos que preciso de uma leitura assim. Vou ler até quando tiver vontade, por enquanto tá funcionando. E vou comprar tudo em sebo também, haha.

Vamos ver como vai ser Becky correndo atrás de vestido, decoração… Ai ai.

  1. A Lady de Lyon (Crown’s Spies #1) – Julie Garwood.

Deixx reaixxx, isso mesmo gente! 10 reaix que eu paguei nesse livro. Até hoje eu não acredito!

É uma leitura pela qual eu ansiava, mas deixava mais pra frente por causa do preço, mas achei uma lojinha de 10 reais lá que tinha váriosss exemplares, eu ia perder a chance? Enfrentei a fila mais bagunçada que já vi na minha vida, mas comprei! Por deix reaix (eu só conseguia ouvir os cariocas à minha volta falando assim, haha)

Aparentemente é uma estória bem sensual com várias intrigas e bastante romance, é o que deduzi com a sinopse e o que me fez querer ler. Não basta ser romance de época (que eu amo de paixão), também tem que ter esses elementos maravilhosos? Precisava!

Quero já! Precisa entrar na minha lista de leituras de Janeiro, pra ontem!

  1. Meu Era Uma Vez – Jenny Martins.

Outro da minha editora, deixei ele mais para o fim, porque tentei manter na ordem que comprei mais ou menos, e esse realmente foi um dos últimos, porque a gráfica demorou para entregar.

É um livro lindo na edição (capa, contracapa, diagramação) e pelo pouco que a autora comentou sobre a obra, me parece incrível e intenso, com vários temas pesados, mas necessários. E tem uma Tessa! Hahaha. Eu e Jenny sempre comentamos sobre essa coincidência das nossas duas Tessas protagonistas. Já amo só por isso, a única Tessa que me decepcionou na vida foi a de After mesmo.

Eu dei uma lidinha em algumas páginas e me pareceu ser uma estória que trata do mundo das modelos, o que já me prende a atenção por ser um universo podre, porém pouco retratado e problematizado.

Nem preciso dizer, né? Ansiosa pra ler!

  1. O Templo Esquecido (Gaia #2) – Telma Brites Alves.

Eu li o 1 dessa série? Não, mas tivemos uma pequena confusão lá na hora do autógrafo e eu acabei ficando com o segundo, mas a Amanda tem o primeiro, então ela vai me emprestar, haha.

É uma fantasia, e a autora é super querida. Ela estava autografando no estande da The Books e volta e meia nossos caminhos se cruzavam, um amor de pessoa, gente! Ela mora na Alemanha, mas nasceu na Bahia e tem todo aquele jeito de baiana arretada. Encheu a gente de docinhos lá da Alemanha, hahaha. Amamos muito e será um prazer divulgar as obras da Telma, que foi tão amável com a gente nos nossos dois dias de Bienal.


Ufa, terminamos os livros! Além deles eu também comprei três marcadores lindos artesanais feitos pela Li Gullo e duas revistas do BTS para as minhas primas adolescentes chatas, haha.

Eu tinha uma listinha para as compras da Bienal, não a segui em quase nada por causa dos preços das editoras grandes, fiquei mais pelas pequenas e amei isso tudo, porque meu lado de autoras nacionais (sem ser famosinhas, né) da estante aumentou bastante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: