Resenhas

RESENHA: Três Coisas Sobre Você

Sabe aquele livro que você compra achando que será péssimo e tem uma baita surpresa? Foi exatamente esse o caso aqui. Comprei totalmente por impulso apenas porque a capa era bonita e estava super barato. Não me arrependo nada de ter feito isso.

O maior problema desse livro é a sinopse. Ok, resume bem o livro, mas não dá muita vontade de ler. Eu acabei esse livro em apenas três dias e ainda acho que demorei. Não é um livro muito longo e é uma leitura muito boa de se fazer. Como temos várias trocas de mensagem, acaba quebrando um pouco o ritmo do texto, coisa que não atrapalha nem um pouco, muito pelo contrário.

A questão principal é o tal do AN. Eu já sabia desde o começo quem era (não darei spoilers, relaxem), achei meio obvio. Nesse tipo de livro, em que temos algum personagem misterioso digamos assim, é sempre aquele que a gente menos espera, então quando começam a dizer que é fulano, já saiba que não é.

Eu cheguei a pensar que o pai de Jessie era o AN. Sei lá, talvez fosse um jeito que ele encontrou de chegar perto da filha e entender o que ela estava passando. Mas depois de pensar um pouco, percebi que não fazia sentido já que ele teria que saber de detalhes que só quem está dentro da escola poderia saber.

O que mais me chamou a atenção nesse livro foi o jeito como o bullying foi abordado. Não era uma coisa tão óbvia, principalmente no começo. Mas a cena em que Jessie “cai” na sala… Eu achei bem pesada.

Uma crítica que tenho para fazer é sobre o relacionamento de Jessie com o pai dela. Eu entendo que deve ser extremamente complicado lidar com a perda da mãe dela, assim como entendo que ela se sentiu abandonada pelo pai, mas Rachel parecia ser uma pessoa legal, que amava o pai dela e estava disposta a aceita-la.

O problema com Jessie e Theo é que o jeito que os pais abordaram um novo relacionamento foi errado. Foi simplesmente “isso vai acontecer e você não tem direito de escolher”. Se algum pai ou mãe divorciado estiver lendo, saiba que do mesmo jeito que você gostaria de saber com quem seus filhos namoram, eles também gostariam de saber com quem vocês estão. Dialogo é importante das duas partes.

Justamente por causa dessa falta de comunicação, diversas situações aconteceram e que poderiam ser evitadas. O chilique que Theo dá ao descobrir que o pai de Jessie vai trabalhar perto da escola, o jeito como Rachel foi tratada e principalmente todo o tempo em que Jessie e o pai não se falaram. Todos estavam sofrendo, mas todos cometeram erros.

Em geral, o livro é muito bom. É completamente possível ler em apenas um dia e eu garanto que vale a pena.

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: