Vida de escritora

Diário de uma Escritora [04]: Como arranjar tempo para escrever?

Dando dicas na hora de conseguir um tempinho para escrever.

Como arranjar tempo para escrever?

Essa é uma questão que indubitavelmente sempre está presente na vida de qualquer escritor, especialmente na daqueles que tem mais de uma ocupação.

Eu, por exemplo, comecei a escrever com 13 anos, na época que ainda tinha escola. Naquela fase eu ainda estava no ensino fundamental, então tudo bem, as coisas eram mais leves, o problema chegou junto do ensino médio, ao começar aquelas questões de vestibular e tudo mais.

Tínhamos muitas coisas pra fazer, só para vocês terem uma ideia, a partir do segundo ano todo final de semana liberavam três listas para que entregássemos na sexta. Toda. Semana.

Era muito pesado e tudo piorou com a chegada do terceirão, deixei a escrita bastante de lado, dando um foco maior de volta só nas férias, porque se eu dividisse muito minha cabeça explodia. Mas enfim, cheguemos nos dias atuais.

Eu faço faculdade de Direito para quem não sabe e é extremamente complicado repartir o tempo entre afazeres universitários e escrita, porque estive muito envolvida com trabalhos em grupo, seminários e etc, tirando o fato de que os professores estavam pegando pesado nas provas, então o estudo tinha que ser ao menos um pouco frequente.

Estudo de noite, o que facilitou muito minha vida, já que sou uma pessoa 100% noturna. Rendo muito mais a noite e gosto de usar das madrugadas para escrever. Quando tenho semana de provas, tendo dar um enfoque nas matérias e deixar minhas histórias de lado, mas nos outros momentos, a escrita sempre se sobressai por ser uma coisa muito mais prazerosa de se fazer.

Além disso, não sei se funcionaria com Android, porque já tive um Samsung e as notas daquela época eram simplesmente inúteis, mas o serviço de notas do iPhone é excelente e como não tem como andar sem celular, às vezes, quando estou em alguma fila, sala de espera ou qualquer coisa assim, fico escrevendo lá. Metade do meu livro deve ter sido escrito lá, francamente. Além das situações já citadas, todo mundo tem aquela aula chata que não consegue prestar atenção de forma alguma, sim? Eu tenho várias, sou uma pessoa que aprendo em casa, não sirvo para sala de aula, então fico escrevendo nesse tempo, afinal, sou obrigada a ir pra não reprovar por falta, né nom?

Ah, claro, só tomem cuidado com onde irão usar o celular, optem por não usar em lugar aberto, às vezes está lá no meio de uma fila, dispersa com o que está escrevendo e alguém rouba… Precaver-se é essencial.

Enfim, acredito que qualquer tempinho livre, seja ele de 5 minutos ou 5 horas, sempre pode ser usado para a escrita. Aos poucos você chega lá, não precisa de pressa. Eu levei 11 meses para escrever meu livro exatamente por ter ido levando com calma, paciência, e, acima de tudo, respeitando a mim mesma.

Já falei aqui que tenho transtorno de ansiedade e tinha vezes que eu me obrigada a escrever, isso era péssimo. Não façam isso, a inspiração, em um momento ou outro chegará se você realmente se identificar com a própria história, confiem em mim. E quando tiver a inspiração não se precisa de mais nada, tudo sai de forma natural.

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: