Resenhas

RESENHA: Trilogia Os Números do Amor, de Sarah Maclean

Saiba minha opinião sobre a série de romances de época "Os Números do Amor"

Pela primeira vez falando de Sarah Maclean aqui.

Primeira de muitas imagino, haha.

Pois bem, falaremos hoje da série Os Números do Amor, composta por três livros: Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, Dez Formas de Fazer um Coração Derreter e Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir.

Como essa é a primeira resenha de Romance de época, acho necessário dizer que eu julgo cada livro seguindo o axioma que o gênero promete, esse gênero garante uma leitura leve, um tanto água com açúcar, clichê e nada profundo nem muito capaz de mudar vidas, então será julgado conforme essa premissa.

Comecemos a resenha…

Resultado de imagem para nove regras a ignorar antes de se apaixonar

Garanta seu exemplar

A série começa de forma esplendorosa.

Claro, o primeiro livro é cheio de clichês, a solteirona considerada feia e sem graça, apaixonada pelo libertino lindo e irresistível, tudo começa de forma sublime e aos poucos se torna uma grande paixão ardente. Nada de novo até aqui, sim? Mas ainda assim esse livro é maravilhoso.

Sarah consegue torná-lo original em sua forma, é uma delicinha de ler, quando faltava 100 páginas para acabar eu não queria que acabasse! Queria que subitamente surgisse mais umas 500 páginas ali para eu ler até dizer chega. Uma pena que não surgiu.

Todos os personagens são carismáticos, sem exceção, você se conecta a eles e torce pelos mesmos durante toda a leitura. Callie e Gabriel tem uma química incrível! Acho que foi um dos casais de Romance de Época com mais química, considerando todos os livros que li do gênero, sem exagero. É aquele tipo de livro que chega a subir um arrepio quando você vê que está para ter uma cena com os dois protagonistas juntos.

A jogada da lista e a ousadia de Callie achei muito bom! Foram coisas diferentes e que faziam você querer saber o que aconteceria com ela quando tentasse riscar o próximo tópico da lista. Para mim esse é o ponto mais alto desse livro, porque trouxe um quê de originalidade, digo para um romance de época.

Peguei esse livro pensando que seria um Os Segredos de Colin Bridgerton 2.0, mas para quem pensa como eu pensava, não é! Claro que a semelhança é enorme, porém, existem muitas diferenças, quem gostou de um, certamente gostará do outro. Amo muito os dois, apesar de ainda preferir Os Segredos de Colin Bridgerton, talvez porque minha paixão pelo Colin começou desde O Duque e Eu, e minha pessoa estava ansiosíssima para chegar no livro dele, tendo alcançado suas expetativas, até mesmo superando um pouco? Não sei, provavelmente sim. Mas Nove Regras também é um dos meus queridinhos do gênero, então tudo bem.

5 estrelas

Imagem relacionada

Garanta seu exemplar

Dez Formas foi mais difícil de ler.

Não sei se foi pela Isabel, que não tem tanto carisma quanto a Callie, se foi o Nick, que acabei por esperar algo diferente, considerando o que foi mostrado no primeiro livro ou se a história mesmo, que não pegou comigo.

Só sei que decepcionou um pouco. Não é de todo ruim, é muito interessante toda a trama da casa de Minerva e como aquelas mulheres vivem de forma tão peculiar e ainda assim organizada, é uma espécie de sociedade secreta onde cada uma tem uma personalidade e é interessante acompanhar a dinâmica entre elas, mas o livro é de romance, então espera-se que este seja o principal objeto de interesse, certo?

Todo o lance com estátuas foi extremamente chato, sério, não existia forma melhor de fazer os dois protagonistas se aproximarem? Cara, sei lá, consigo pensar em umas três formas mais interessantes de fazer isso, mantendo o mesmo molde ali.

Eu ficava toda hora esperando o momento que daria um “boom” e que eu passaria a  torcer para o livro não acabar nunca, como é com a maioria dos romances de época, mas não teve esse momento. O desinteresse foi contínuo, do início ao fim.

Nesse livro também temos uma participação um pouco mais ácida do duque de Leighton, protagonista do terceiro e último livro. Pode-se dizer que aqui é explicado a má fama dele, ele é realmente bem babaca e você fica meio assim pro próximo livro, que logo começarei a falar sobre.

Resumindo, Dez Formas é um livro pra você ler meio sem expectativas, quem sabe assim acabe aproveitando mais da leitura, diferente de mim.

3 estrelas

Imagem relacionada

Garanta seu exemplar

Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir é um livro controverso em questão de repercussão.

A maioria considera esse o pior livro da trilogia, mas claro, como diria minha mãe, eu não sou todo mundo. E sempre tenho que ser a diferentona, então realmente gostei desse livro.

Talvez pelo fator de falta de expectativa mesmo? Porque eu via todo mundo falando mal, até minha amiga ficava no meu ouvido quase todo dia dizendo que era ruim. A fama desse livro não estava pendendo para o lado favorável, como criar expectativas boas em cima disso?

Confesso que o início realmente foi difícil, eu lia e não suportava Simon. Ele é chato mesmo e o fato de querer ser sempre tão certinho irrita durante o livro todo, lá pela página 100 comecei a me acostumar com seu jeito e aceitar que existia a possibilidade de ele e Juliana formarem uma boa dupla, de fato. Ainda tenho certas dúvidas, especialmente se considerar um pretendente em potencial que a Sarah colocou apenas para ser iludido e deixado de lado, mas tudo bem, aceitei.

Juliana é uma personagem encantadora e arrisco dizer que carrega esse livro sozinha nas costas. É muito legal acompanhar suas divergências devido à nacionalidade, eu gosto de autoras que colocam coisas diferentes como essa para trabalhar também o lado podre da sociedade aristocrata, fica uma coisa mais consistente e diversificada. E, claro, Juliana e sua vivacidade que foi mostrada desde o primeiro livro não poderiam decepcionar. Estava ansiosa por acompanhar sua própria história, poderia ser melhor com a troca do mocinho? Possivelmente, mas ainda assim satisfez minhas expectativas.

Callie e Gabriel voltam a ter uma participação mais vigente e esse é outro ponto positivo. Estava sentindo falta dos dois, que só apareceram no finalzinho de Dez Formas e aqui vemos que continuam apaixonantes como em sua própria história.

Nick e Isabel também têm espaço e apesar de não gostar do livro deles, aprovei a participação deles neste. Talvez eles só não sirvam como casal protagonista mesmo.

Já estou meio enjoada dessa coisa de “Orgulho e Preconceito” que os mocinhos se odeiam, mas se amam, sinceramente, saturou já, espero não encontrar mais isso tão cedo.

Por fim, apesar de certos defeitos até um tanto grandes em Onze Leis, o livro tem seus pontos positivos, sendo o principal deles, sua protagonista vivaz e discernida. Provavelmente você dará várias reviradas de olho e vai querer matar o mocinho, porém, com o passar da leitura você acostuma e aprende a aproveitá-la.

4 estrelas

Eu, louquíssima, sem pesquisar as coisas direito, não sabia que tinha ordem cronológica entre as séries da Sarah, por isso já li os primeiros de Clube dos Canalhas e Escândalos e Canalhas (pensa numa autora que gosta de canalhas, hahaha) ainda não li as continuações, mas certamente terá resenha destes mais para frente, quando acabar (vai demorar, fiquem informados).

Mas enfim, o que acham de Os Números do Amor?

2 comentários

  1. Eu gostei muito mais do segundo livro do que do primeiro hahaha achei o Nick encantador, e fiquei meio intrigada com o pequeno suspense que há na historia dele. E dela também, com a casa de minerva.
    Ainda não li o terceiro, mas acho que vou dar uma chance. Estou precisando de livros bem romanticozinhos hahah
    Adorei o blog!

    Curtir

  2. Gosto é um negócio doido, né? Hahaha, cada pessoa reage de uma forma, realmente.
    Eu acho que vale dar essa chance, mas já saiba que vc vai querer dar uma surra no Simon 😂
    E muito obrigada pelo seu comentário!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: